PCdoB convoca militância para mobilização nos dias 30/5 e 14/6

Luciana Santos: PCdoB mais forte para defender a democracia
maio 29, 2019
30M: Em Alagoas, milhares de pessoas se manifestaram em defesa da educação brasileira
maio 31, 2019

A secretaria nacional de movimentos sociais do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) em circular encaminhada aos dirigentes nos estados convoca seus militantes para se mobilizarem para os atos em defesa da Educação e da Aposentadoria a se realizarem no dia 30 de maio e para a greve geral do dia 14 de junho deste ano.

Para os comunistas, os retrocessos do governo Bolsonaro e sua agenda ultraliberal e entreguistas só serão revertidas com a pressão popular.

“O momento é propício para se aproximar do povo e trazê-lo para o jogo. Aumentou a responsabilidade dos democratas, das forças progressistas, especialmente do PCdoB, com os eventos dos dias 30/05 e 14/06. Precisamos contribuir com uma ampla mobilização em Defesa da Educação e da Aposentadoria no dia 30 com vistas ao sucesso da Greve Geral dia 14”, anuncia a circular da secretaria.

Segue abaixo:

São Paulo, dia 28 de maio de 2019

Circular Mobilização Partidária
30/05 Mobilização Defesa da Educação e da Aposentadoria
14/06 Greve Geral em Defesa Aposentadoria e da Educação

Camaradas,

Logo após o MEC anunciar um corte de 30% nos orçamentos das Universidades e Institutos Federais, a Educação reagiu, dia 15 de maio em todo país mais de 200 municípios, profissionais da educação e estudantes, somados a diversas organizações populares, foram ? s ruas defender a manutenção dos recursos e uma Educação pública, gratuita e com qualidade. Foi a maior mobilização nacional organizada contra Bolsonaro. No dia 30 de maio e 14 de junho serão dias de mobilização e Greve Nacional em Defesa da Educação e da Aposentadoria, chamadas pelo movimento estudantil e sindical, respectivamente.

Bolsonaro sentiu a pressão e irresponsavelmente dobrou a aposta, chamou seus apoiadores ? s ruas no dia 26 de maio para defenderem uma pauta regressiva, de ataque aos direitos e a democracia. Pendo como alvo principal a democracia, desejando assim desmoralizar e colocar os Poderes de joelho – Congresso e STF – para exercer um governo imperial sem restrições das Instituições, Leis e Constituição. Apesar de frustada a operação devido a flagrante perda de apoio popular demonstrado nas ruas, Bolsonaro mantém apoio expressivo e capacidade de mobilizar massas.

Para o PCdoB somente reverteremos a correlação de forças e imporemos uma derrota ao governo Bolsonaro e sua agenda ultraliberal e entreguista com massa nas ruas. O momento é propício para se aproximar do povo e trazê-lo para o jogo. Aumentou a responsabilidade dos democratas, das forças progressistas, especialmente do PCdoB, com os eventos dos dias 30/05 e 14/06. Precisamos contribuir com uma ampla mobilização em Defesa da Educação e da Aposentadoria no dia 30 com vistas ao sucesso da Greve Geral dia 14.

Convocamos as Direções nos estados e municípios a envidarem esforços para o êxito das mobilizações, garantindo a presença massiva dos comunistas, das frentes que dirigimos e/ou atuamos, simpatizantes e amigos do PCdoB.

Saudações

Liege Rocha
Secretária Nacional de Movimentos Sociais do PCdoB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *