Atentado no Jacintinho deixa três mortos e população protesta

PCdoB e UJS marcam presença na caminhada da Mudança
fevereiro 20, 2017
UNE em AL diz que entidades tem liberdade para escolher o apoio aos candidatos
fevereiro 20, 2017
Exibir tudo

No final da manhã desta terça-feira (30), a população do bairro do Jacintinho, em Maceió, se revoltou contra a morte de três pessoas durante a manhã. Os moradores realizaram protestos e denunciaram que os homicídios foram praticados supostamente por um policial. O triplo homicídio ocorreu na Grota do Cigano.

Moradores da Grota do Cigano disseram ? imprensa que afirmaram ter visto policiais usando balaclavas e óculos escuros, andando entre as casas instantes antes de o crime acontecer na Grota do Cigano. Eles contam ainda que “Batista”, policial e morador da Grota de Santo Antônio, seria o líder do grupo de extermínio. Erick da Silva Lopes, 19 anos, Carlos Henrique Soares de Oliveira, 13, e Lucas Maciel dos Santos, conhecido como Lukinha, de 14 anos, são as vítimas da chacina.

Pela manhã, pelo menos 10 viaturas da Polícia Militar ainda estavam no local da ocorrência. Após as mortes, teve início um tumulto dos moradores, que acusam militares de terem cometido os crimes. Balas de borracha foram disparadas e deixaram pelo menos uma pessoa ferida.

Os populares bloquearam as vias de acesso ? Grota, tanto pela Avenida Comendador Gustavo Paiva, no bairro da Cruz das Almas, quanto na Rua Cleto Campelo, via de grande movimentação no Jacintinho.

Pedradas e arrastões

A movimentada Avenida Cleto Campelo está irreconhecível. Comerciantes fecharam as portas com medo de prováveis arrastões. De acordo com informações de populares, o líder do trafico da região está mandando a população realizar saques, manifestações e depredações. “Quem passar por lá tenha muito cuidado e preferencialmente evitem essas vias. O arrastão está sendo na principal do Jacintinho e também na saída da grota na Avenida Gustavo Paiva”, disse um popular em grupo de rede social.

Informações de populares dão conta que moradores das imediações do Jacintinho estão jogando pedras nos carros que passam pela Avenida Leste-Oeste. A polícia pede para quem utilizar as imediações da Avenida Gustavo Paiva desviar pela orla da cidade.

Com a reação da população, unidades da Radiopatrulha (BPRp), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e da Oplit foram acionados para dar reforço. Um helicóptero da Polícia Militar faz buscas na região na tentativa de localizar os suspeitos de terem cometido o crime.

 

 

Via Trinuba Hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *