PCdoB de Maceió intensifica campanha no segundo turno

PCdoB de Alagoas lança edital de convocações das convenções eleitorais
fevereiro 20, 2017
Em reunião, PCdoB de Alagoas lança nova resolução política
fevereiro 20, 2017

O PCdoB de Maceió realizou sua Plenária de Filiados na última quinta, 13/10, para analisar o quadro político após o primeiro turno das eleições em nível nacional e local. A Plenária aprovou ainda uma resolução com a opinião do partido.

A análise dos comunistas leva em consideração o atual estágio da luta política no país, a necessidade de unidade entre diversos setores para impedir retrocessos como a PEC 241, aprovada em primeira votação na Câmara dos Deputados, e a construção de uma plataforma que unifique setores amplos da sociedade para enfrentar a atual crise.

Sobre o segundo turno das eleições em Maceió o Partido reafirma seu apoio ? candidatura de Cícero Almeida do PMDB e convoca a militância, filiados e amigos para realizarem intensa campanha nesse segundo turno.

Confira a Resolução aprovada na Plenária do PCdoB:

RESOLUÇÃO POLÍTICA DO PCdoB DE MACEIÓ

O Brasil atravessa um momento histórico dramático e de intensa luta política. Há uma transição em curso, na qual o resultado do primeiro turno das eleições municipais revela uma derrota momentânea das forças progressistas e de esquerda, enquanto forças conservadoras e antinacionais se fortaleceram.

O revés aberto com o golpe jurídico-midiático-parlamentar que retirou Dilma Rousseff da Presidência da República colocou em desvantagem não apenas os partidos políticos, mas também as ideias identificadas com a defesa dos interesses nacionais e com o combate ? s desigualdades sociais.

As medidas adotadas e defendidas pelo governo usurpador são de direto interesse das forças patrocinadoras do golpe, beneficiando especialmente o grande capital financeiro. A entrega dos recursos do Pré-sal e a PEC 241 são uma afronta aos interesses da nação e colocam em risco o futuro do país. Trata-se da absurda entrega das riquezas nacionais e congelamento das despesas/investimentos com educação, saúde e assistência social nos próximos vinte anos.

Cabe ? s forças progressistas, patrióticas e de esquerda extrair desse processo as lições necessárias para a construção de uma nova etapa na luta do povo brasileiro, resistindo desde já, ? s políticas antipopulares e antinacionais, ao mesmo tempo em que se monte uma plataforma que unifique amplos setores da sociedade na defesa da democracia, da retomada do desenvolvimento e do futuro do país.

As eleições municipais desse ano colocaram em evidência diversas contradições existentes entre as forças políticas que conformam o novo bloco no poder. É preciso explorar ao máximo essas contradições, sem sectarismos ou purismos. A resistência se desdobrará em diversas frentes e não será exitosa se abdicar da ação política e da disputa do conjunto das forças que atuam no seio da sociedade.

Em Maceió, o segundo turno das eleições será disputado entre Rui Palmeira (PSDB) e Cícero Almeida (PMDB). O PCdoB reafirma seu apoio e empenho pela vitória de Cícero Almeida.

Não se trata de uma disputa apenas entre as elites, como alguns tentam fazer crer. Disputam essa eleição campos políticos distintos e seu resultado está relacionado com a correlação de forças que se estabelecerá para as eleições de 2018, em nível nacional e local.

Historicamente a prefeitura de Maceió é conduzida por forças e lideranças que representam a elite econômica da cidade.? Poucas vezes essa lógica foi quebrada e uma delas foi quando Cícero Almeida foi prefeito de Maceió. Mais uma vez, não é Cícero Almeida que possui o apoio da elite e sim o candidato do PSDB, Rui Palmeira.

Cícero Almeida foi o prefeito que concluiu sua gestão com marcas importantes, além de atingir a maior aprovação que um prefeito já alcançou na capital alagoana, com 82% que avaliaram seu governo como ótimo ou bom, conquistou sua reeleição com a marca de ter obtido a maior votação dentre os prefeitos de capitais naquela eleição, ? época já com o apoio do PCdoB.

O intenso trabalho de reurbanização potencializou Maceió no cenário do turismo nacional e internacional, a reforma da orla marítima em toda sua extensão, a construção de viadutos e avenidas para escoamento do trânsito, o paisagismo cuidadoso e limpeza caprichosa da cidade fizeram com que o maceioense resgatasse sua autoestima. As milhares de ruas calçadas levaram dignidade para os moradores das regiões periféricas da cidade, até então submetidos a um cotidiano de lama e esgoto. Com a realização de concursos públicos, reajustes acima da inflação, condições de trabalho, suprimento de medicamentos nas unidades de saúde e merenda nas escolas, conquistou a admiração dos servidores públicos que massivamente expressam apoio nesta eleição.

A construção da Vila Olímpica, de Ginásio Poliesportivo, Centro de Inclusão Digital, quadras esportivas e escolas, levaram oportunidades para a juventude maceioense, que testemunharam a revitalização de regiões abandonadas como no entorno do Porto de Maceió, bairro Centro e Mercado da Produção. Tais feitos, dentre outros, o conferiram o rótulo de “prefeito do povo”, pelas inúmeras melhorias ao povo trabalhador.

Para além de suas características pessoais, como sua profunda ligação com o povo, Almeida é o candidato das forças políticas que chegaram ao governo do estado na última eleição. Forças de diversas matizes políticas, mas que se uniram em torno de um programa para Alagoas e possuem o desafio de governar em um momento de profunda crise. Para o PCdoB é de grande importância o fortalecimento desse campo político em Alagoas.

O PCdoB tem defendido que Maceió precisa ser dirigida por um projeto político que enfrente os graves gargalos da cidade, que busque superar as desigualdades que marcam profundamente a capital alagoana e que projete para o futuro, o seu desenvolvimento. Acreditamos que Cícero Almeida pode liderar esse projeto, pela experiência como gestor e sensibilidade com seu povo.

Entendemos ainda que é preciso visualizar as diversas dimensões da luta pela superação da atual política em curso no país e a retomada de um projeto de desenvolvimento soberano e com justiça social. Tal empreendimento exigirá o empenho de amplas camadas da população. Os comunistas, como sempre, não se furtarão do combate e da defesa do povo, da democracia e do Brasil.

Maceió, 13 de outubro de 2016

Plenária de Filiados do PCdoB de Maceió

Direção Municipal do PCdoB de Maceió

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *